COMO TIRAR O VISTO DO IRÃ (para Brasileiros)
Posted by

COMO TIRAR O VISTO DO IRÃ (para Brasileiros)

O Irã com certeza representa uma fase importante na minha viagem de volta ao mundo e diz muito sobre ela, sobre meu perfil de viajante e meu gosto particular por destinos ditos como exóticos, mas que na verdade, são apenas pouco explorados pelo turismo tradicional. Em contra partida sempre escolho estes destinos, pois são ricos de cultura, de gente e de histórias esperando para serem vividas e contadas.

Um dos sonhos da minha viagem é chegar até o Irã, não como fim, mas como meta de realização nesta jornada. Nunca tive um fascínio grande por esse país, porém, de alguma forma, ele desenvolveu uma importância pra mim como viajante (isso até descobrir que ele é realmente lindo, com diversidade de paisagens e um povo super hospitaleiro). Pouco sabia dele, na verdade, até hoje sei bem pouco, pois precisaria de uma vida para compreender e aprender a história milenar daquela região. O que sei fui descobrindo a partir de encontros e leituras à medida que minha chegada se aproxima e torna-se mais real (ps.: estou escrevendo este post antes de ir).

Uma das minhas primeiras dificuldades antes de viajar para o país foi encontrar informações atualizadas, objetivas e verdadeiras de como tirar o visto para o Irã sendo brasileiro. Esse primeiro desafio é, sem dúvidas, o mais importante para o aventureiro que quer explorar a antiga Persia, principalmente se você está fora do seu país de residência, no meu caso, do Brasil, pois não tenho outra cidadania.

Como o país ainda é fechado para muitas coisas, como transações bancárias internacionais, restrinções religiosas, diplomáticas e políticas, até mesmo para algumas redes sociais (como Facebook e Whatsapp), é claro que não seria uma tarefa tão simples, nem barata de se realizar. Para tirar o visto do Irã fora do nosso país, é preciso passar por algumas etapas, que vou explicar bem detalhadamente. Mas com certeza vale a pena o esforço (que no fundo nem é tão grande assim) para visita este destino tão diferente.

Já sabia que queria visitar o Irã desde que não planejei minha viagem de meia volta ao mundo, mas só fui correr atrás de informações concretas mesmo quando eu já estava na Turquia e descobri que um dos lugares mais recomendados de tirar o visto é em Trabzon, localizada a noroeste do país, na costa litorânea do Black Sea, justamente por ser mais fácil e rápido o processo por lá (não me perguntem o porquê) do que em Istambul ou Ancara, por exemplo.

Tudo certo, tudo lindo. Continuei minha viagem pela Turquia e reservei Trabzon como último destino para depois de lá cruzar a fronteira com a Geórgia (apenas 190km de minibus, bus ou carro). Quando eu digo que não tenho roteiro, intinerário, nem mesmo planos a médio, longo prazo, é disto que estou falando. Minha viagem acaba seguindo o fluxo à medida que as coisas vão acontecendo, baseado no que vou descobrindo e vivendo no caminho. A Geórgia, por exemplo, jamais passou pela minha cabeça até o dia que Trabzon precisou entrar no meu caminho e, consequentemente, este novo país na continuação dele.

Pelas informações que consegui na internet, a média de prazo para o visto do Irã sair em Trabzon era de 24h até no máximo 5 dias úteis (dependendo de que dia você entrou com o pedido), sendo que a maioria dos relatos dizia ter pego no dia seguinte mesmo. O problema que nenhum dos artigos que li estava atualizado e faltava uma informação crucial, um tal de RN (Reference Number), ou melhor traduzido, um código de autorização que te da acesso ao Consulado ou Embaixada do Irã para então retirar seu visto.

Cheguei em Trabzon nos 45 do segundo tempo, que na verdade já era prorrogação, pois na minha cabeça eu ainda tinha 3 dias antes do meu visto da Turquia expirar, quando na verdade me restava apenas 1 dia, pois turistas brasileiros recebem na entrada 90 dias de permanência, não 3 meses como eu estava contando (mas isso é história para outro post).

Resumo da opera… Eu e Rodrigo, um brasileiro que encontrei em Trabzon (essa é outra história que merece outro post separado), fomos até o Consulado tentar pegar nosso visto o mais rápido possível. Assim como eu, a informação que ele tinha era que provavelmente conseguiriamos nosso visto no dia seguinte, bastando apenas chegar lá com fotos, documentos, copias e preencher um formulário simples. Demos de cara com a porta. Nem abriram pra gente entrar. Pelo interfone mesmo já nos perguntaram se estavamos com o tal RN nas mãos. Sem RN, sem acesso. Voltamos com o rabo entre as pernas para o hostel. Isso que outros mochileiros já tinham dado a voz que talvez precisaríamos desse tal código de autorização, que até então nem sabíamos da existência e, por isso, pensamos que poderia ser uma exigência apenas para alguns países, não para brasileiros. Mas não, a gente também precisa!

Consulado do Irã em Trabzon – Fonte: Google maps.

 

  • Endereço: Kiziltoprak n. 3, Trabzon, Turquia
    • Referência: subindo à esquerda da Praça Ataturk.
  • Telefones: (+90) (462) 326 76 51 / (+90) (462) 322 21 90
  • Horário de funcionamento: teoricamente de Segunda a Sexta das 9:00hs às 12:30hs e das 14:30 hs às 16:30hs (ligar para confirmar).

Praça Ataturk onde fica o Consulado do Irã em Trabzon

Agora a questão era: como conseguir esse tal de RN e tirar o visto para o Irã? Como eu não tinha mais tempo no país, tive que fazer o processo quase todo em Tbilisi, a capital da Geórgia. Uma cidade que descobri ser tão rápido e fácil quanto a fama que Trabzon leva.

Pronto! Aqui começa de fato o passo a passo, explicadinho, com as informações (de 2017) para você, brasileiro, tirar o visto de turista para o Irã. Vale ressaltar que este tipo de informação pode mudar a qualquer momento, então é sempre bom checar também às páginas consulares oficiais para se atualizar sobre as relações diplomáticas entre os países.

BRASILEIROS PRECISAM DE VISTO PARA O IRÃ?

Sim, brasileiros precisam de visto para entrar no Irã, que pode ser conseguido de três formas como turista:

  1. Visto na chegada por um dos Aeroportos Internacionais do Irã (ou Visa on Arrival).
  1. Por meio de uma agência intermediária para conseguir o número de autorização (o RN), o qual te permite retirar o visto em qualquer Consulado Iraniano pelo mundo.
  1. Processo online e/ou pelo correio.

1) VISTO DE ENTRADA POR UM DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS DO IRÃ (VISA ON ARRIVAL):

Esse visto é o mais simples de conseguir (se você não for do EUA, Canadá, Colômbia, Inglaterra, Somália, Jordânia, Afeganistão, Bangladesh, Iraque, Índia ou Paquistão). Todas as nacionalidades, incluindo brasileiros e exceto essas que citei acima, podem obter o visto na entrada por um dos Aeroportos Internacionais do Irã.

Cidades que tem Aeroportos Internacionais no Irã: Teerã (IKA), Shiraz (SYZ), Isfahan (ISF), Tabriz (THR), Mashhad (MHD), Kish (KIH/OIBK), Asaluyeh (PGU/OIBP), Chabahar (ZBR), Urmia (OMH/OITR), Bandar Abbas (BND), Bushehr (BUZ/OIBB), Lar (LRR) e Ahvaz (AWZ/OIAW).

Esse VISA ON ARRIVAL hoje é valido por 30 dias (até pouco tempo atrás eram concedidos apenas 15 dias) e tem a seguintes exigências:

Obs.: Primeiro tenha certeza que a empresa aérea que você vai viajar te permite embarcar sem o visto do Irã já estampado no passaporte.

  1. Ter reserva de hotel para os primeiros dias de viagem ou carta convite em mãos.
    • Dependo do oficial que te abordar na chegada essa informação será checada, então realmente faça a reserva;
    • Não é necesário reserva para todos os dias, apenas para os 3 primeiros, por exemplo.
  2. Seguro de saúde que cubra o Irã. Caso não tenha um é possível adquirir no próprio aeroporto (ele te assegura usar qualquer hospital no país, tanto públicos quanto privados).
  3. Passagem de volta ou qualquer novo destino que comprove a saída do Irã dentro do prazo exigido.
  4. Não ter visto de Israel no passaporte. Caso já tenha ido e essa evidência esteja estampada no seu documento, o ideal é tirar um novo passaporte.
  5. Estar com vestimenta adequada:
    • Mulheres: cabelo coberto com hijab/véu, calça e blusa devem ser folgados e cobrirem os braços. Caso queira usar uma legging deve vestir também uma bata que disfarce as curvas do corpo.
    • Homens: Calça cumprida e camiseta normal (não precisa cobrir todo o braço, mas não pode usar regata, nem short).

2) VISTO DO IRÃ FORA DO BRASIL:

Esse foi o tipo de visto que precisei e não encontrei muitas informações na internet. Como disse anteriormente Trabzon, na Turquia, é um dos melhores lugares para tirar o visto do Irã, por ser mais rápido do que em cidades como Lisboa, em Portugal, ou Ancara, na Turquia, por exemplo.

Mas vou contar minha experiência em Tbilisi, na Geórgia, que basicamente deve ser igual a qualquer outro lugar do mundo, com diferença, talvez, nos prazos.

Para tirar o visto do Irã em Tbilisi, primeiro precisei recorrer a uma agência de turismo iraniana reconhecida oficialmente pelo governo. Essa é a única forma segura de se conseguir o número de autorização de visto junto ao Ministério das Relações Exteriores do Irã. Sem esse chamado RN, não tem como prosseguir com o processo e sem o intermediador é igualmente impossível (acredite, eu tentei).

  • Por que contratar uma agência do Irã e não brasileira? Existem agências brasileiras credenciadas também, mas com certeza deve ser mais caro.
  • Qual agência você usou? Eu fiz com e recomendo a KEY2PERSIA.

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE A AGÊNCIA

  • Valor = €35
  • Tempo de espera estimado: entre 10 a 13 dias úteis.
  • Forma de pagamento: PayPal ou boleto bancário.
    • Não ache estranho a conta ser da Suíça ou algo do tipo, é porque o Irã não faz transações internacionais, então essa é a forma que eles encontraram para “burlar o sistema”. Todas são assim e é super seguro.
  • O RN vale apenas por 30 dias, então é preciso coletar o visto no Consulado dentro desse prazo, caso contrário vai ter que refazer o pedido (e pagar novamente).

PONTOS POSITIVOS

  • Foi a mais barata dentre todas que pesquisei;
  • Fácil e rápida comunicação; responde todos os emails, perguntas, dúvidas e atualiza sobre o andamento do processo.
  • Outra bastante popular é a Starstour.

CONTATOS

PASSO A PASSO DE COMO FAZER O PEDIDO:

  1. Entre no site da Key2Persia e vá até a aba “IRAN VISA”;
  2. Preencha o formulário online detalhando seu itinerário (fictício ou não) e escolha a cidade em que quer retirar o seu visto (Tbilisi, no meu caso). Abaixo o roteiro que forneci:

Criei esse roteiro fictício com datas, cidades e acomodações para o formulário

  1. Enviar sua foto e passaporte digitalizados para o e-mail: [email protected]
  2. Esperar pela resposta da agência com quaisquer perguntas adicionais e as instruções de pagamento (€35). Geralmente eles usam o PayPal ou fornecem algum número de conta bancária para transferência de dinheiro.
  3. O próximo intervalo é justamente o tempo de espera enquanto a agência encaminha o pedido ao Ministério.
    • Para não perder tempo de espera, eu fiz o pedido ainda em Trabzon e usei os dias até chegar o número de autorização para viajar pela Geórgia. Assim, quando recebi o RN por e-mail, fui enfim para Tbilisi conhecer a cidade e retirar meu visto, não perdendo tempo de espera.
    • Recomendo fazer o pedido com esse prazo de antecedência, assim você não precisa parar seu itinerário para esperar, mas consegue seguir viagem e retirar o visto justamente no meio do caminho.
  4. Após receber o código por e-mail, basta imprimir e levar até a Embaixada do Irã que você escolheu recolher o visto junto com os seguintes documentos:
    • RN impresso;
    • 2 fotos de passaporte (eu levei 3×4 e eles aceitaram);
      • Mulheres não se esqueçam de cobrir o cabelo e pescoço para foto (a experiência já começa aqui);
    • 1 cópia do passaporte;
    • 1 cópia do Seguro Saúde
      • Eu já tinha o seguro básico, aquele exigido para viajar para Europa. Ele cobre praticamente todos os países do mundo. Apresentei e foi aceito, não precisei fazer outro específico para o Irã.

Dica.: Se você for tirar o visto em Istambul e queira já ir com tudo preenchido para ganhar tempo, pode baixar o formulário AQUI.

  1. Após entregar os documentos você receberá o boleto com o valor da taxa para pagar no banco indicado por eles. Depois é só levar o comprovante de pagamento de volta e marcar para pegar o passaporte já com o visto colado.
  2. O prazo de entrega em Tbilisi foi de 24h. Mas sei que depende muito do movimento na Embaixada ou Consulado no período e também do dia da semana que você fez o pedido.

EMBAIXADA DO IRÃ EM TBILISI

  • Endereço: Chavchavadze Street 80, Tbilisi, Geórgia
    • Referência: Perto da Federação Georgiana de Futebol, do Estádio Mikheil Meskhi e de uma das entradas do Vake Park.
  • Telefones: (+995) 32 291 36 56 / (+995) 32 291 36 58
  • Horário de funcionamento: Segunda e Terça, Sexta à Domindo das 10:00hs às 13:00hs (ligar para confirmar).

ATENÇÃO:

  • Chegue o mais cedo possível assim vai conseguir pagar e voltar com o comprovante no mesmo dia (verifique antes os horários de funcionamento da Embaixada ou Consulado);
  • Fique atento as ventimentas adequadas de acordo com a lei iraniana (em Tbilisi, por exemplo, eu achei mais tranquilo. Vi mulheres sem véu, mas nunca se sabe. Previna-se e leve o seu na bolsa. Homens vão de calça, por favor);
  • O final de semana no Irã é diferente do nosso, não é sábado e domingo. A Embaixada funciona de segunda a quarta e sexta-feira. Então evite ir nos dias anteriores ao final de semana. Caso contrário tem que esperar a contagem de dias úteis.

3) VISTO ONLINE E RETIRADA NA EMBAIXADA DO IRÃ EM BRASÍLIA

Site do E-VISA do Irã

A única cidade brasileira que tem Embaixada do Irã é Brasília, o que torna bem complicado esse tipo de visto para a maioria dos viajantes tupiniquins que não moram na capital ou perto dela. Mas caso você não consiga ir pode fazer todo o processo pelos correios. Segue informações básicas de como tirar o visto dessa forma:

  1. Acesse o site oficial das Relações Exteriores do Irã (E-VISA) pelo link: http://e_visa.mfa.ir/en/

Obs.: Cuidado ao digitar no Google, pois existem inúmeras páginas de agências iranianas que aparecem primeiro do que o site oficial dependendo de como você busca.

  • Aparentemente é bem simples o processo no site. O problema é na hora de anexar os scanners da foto e do passaporte. As dimensões e cortes têm que ser exatamente como eles exigem, caso contrário não passa para a próxima etapa.
  • No próprio site você encontra uma lista com todas as exigência para envio das imagens digitalizadas.
  1. Entre em contato pelo email: [email protected] ou [email protected] para pegar todas as informações de pedido do visto pelo correio. Eles vão passar a lista de documentos necessários e enviar os formularios para preenchimento.
    • Já no caso de fazer pelos correios é a questão do pagamento extra da taxa de envio e depois recebimento, caso não possa ir até a Embaixada em Brasília.
    • Telefones: (61) 3242-5733 (telefone do Setor Consular em Brasília).

Obs.: Essa opção de visto também exige a intermediação de uma agência de turismo para conseguir o número de autorização ou RN. Então, basicamente acaba tendo os mesmos passos do caso n° 2 de quem tira o visto fora do Brasil. Aqui é uma alternativa para quem vai sair direto do país ou prefere garantir o visto antes da viagem começar, sem precisar ir até a Embaixada do Irã em Brasília ou em qualquer lugar do mundo.

Fonte: Site das Relações Exteriores do Irã em Brasília (brasilia.mfa.ir)

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O VISTO DO IRÃ

  • O visto tem validade de 90 dias após a emissão, isto é, você tem 90 dias para utilizá-lo, passando esse prazo o visto expira e você terá que aplicar por outro, refazendo e pagando por todo o processo de novo. Então não vai dá mole, se planeje, para evitar imprevisto no percurso e acabar não chegando no país a tempo.
  • O tempo máximo de permanencia no país é de 30 dias, que começa ser contado a partir do dia que você entra no Irã.
  • O visto do Irã é de entrada única. Se sair tem que fazer um novo pedido de visto, passando por todo o processo novamente. Vale ressaltar que é quase impossível você conseguir um visto de turista de multiplas entradas para o Irã.

COMO EXTENDER O VISTO DO IRÃ

  • É possível fazer a extensão do visto no máximo duas vezes de 30 dias cada (somando no final o total de até 90 dias no país). Observando o seguinte:
    • Recomenda-se fazer com no mínimo 3 dias antes do visto acabar (eu fiz no último dia e não tive problemas. A vantagem é que começa a contar a extensão a partir do dia do “novo visto”, então quando mais antecedência menos dias;
    • Teoricamente quem tem o visto de entrada pelos Aeroportos Internaiconais (Visa on Arrival) não pode extender a estadia, mas há relatos de brasileiros que já conseguiram mais 15 dias mesmo assim;
    • O valor médio é de $8 a $10 doláres (ou 34.500 tuman) e geralmente sai em 20 minutos;
    • O processo é feito em qualquer Departamento de Imigração das principais cidades do país (como: Teerão, Yazd, Esfahan, Shiraz ou Mashad, por exemplo);
    • Documentos exigidos:
      • 1 cópia do passaporte e do visto original
      • 2 fotos 3×4 (mulheres usando hijab/véu).

Depois de escolher a melhor forma de tirar seu visto ou o jeito mais viável de acordo com sua experiência na viagem, é hora de partir (a melhor hora!).

Eu nunca vou esquecer o dia que sair do Consulado do Irã com meu visto gigantesco colado no passaporte. É como uma medalha pra mim, o caminho para conquistar mais um destino no outro lado do mundo. Um lugar que despertou em mim uma imensa curiosidade para explorar e conhecer de perto belezas naturais e culturais de um povo totalmente diferente do meu.

Ramo que ramo!

Alegria de quem acaba de receber o visto do Irã

7 4 2969 30 novembro, 2017 Irã, Volta ao Mundo novembro 30, 2017

4 comments

  1. Julia

    Ola, sabendo que você poderia pegar o visto on arrival, porque optou por pegar o visto online?
    Talvez pois não iria voar ?
    Estou na Índia e daqui vou voar pro Iran, e estou também em busca de informações. Também estou em uma volta ao mundo já há 10 meses. Um abraço .

    Reply
  2. Julia

    Ola, sabendo que você poderia pegar o visto on arrival, porque optou por pegar o visto na Geórgia eu quis dizer?
    Talvez pois não iria voar ?
    Estou na Índia e daqui vou voar pro Iran, e estou também em busca de informações. Também estou em uma volta ao mundo já há 10 meses. Um abraço .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Comments

Pesquisar

    Need to install and activate "AccessPress Social Counter" plugin.

Willy Barros



Sim sou eu, o filho desnaturado que foi morar na África aos 17 anos e desde então não consegue mais parar de viajar. Agora, depois de graduar e guardar uma grana, caí na estrada e estou vivendo o sonho da volta ao mundo.

Dá um follow no Instagram

[instagram-feed]